Utilização de dispositivos iOS “Desenvolve+”? Entrevista

Já se questionaram se a utilização de um iPad é nociva para os vossos filhos? Se existe alguma idade recomendada para começar a utilizar estes dispositivos? E até quais são os pontos positivos desta utilização? Estas duas profissionais, que vos apresentamos a seguir, são capazes de responder a essas questões que vos possam incomodar como pais, ou simplesmente que vos suscitem curiosidade. Vamos dar a conhecer ao nosso público duas profissionais da área da Psicologia que em 2015 abriram o Centro Desenvolver+.

Utilização de dispositivos iOS “Desenvolve+”?

 

Continuar a ler

Anúncios

Steve Ballmer: Microsoft é a verdadeira concorrente da Apple

ballmerApesar de existirem milhares de empresas tecnológicas, algumas são sem dúvida as “todo- poderosas” como é o caso da Microsoft, Apple, Google, Facebook, IBM, etc. Como sabemos a Apple é a marca mais valiosa do mundo neste momento e para Steve Ballmer a Microsoft (e a Samsung) são as únicas empresas capazes de competir directamente com a gigante de Cupertino. Numa entrevista ao site Bloomberg, Steve Ballmer, ex-CEO da Microsoft referiu que apesar de existirem muitas empresas poderosas no mundo da tecnologia, apenas a Microsoft (e a Samsung) têm a capacidade de competir, ao nível do hardware, com a grande empresa da actualidade, a Apple.

Continuar a ler

Pai do telemóvel acha o iPhone 6s um equipamento “chato”

Mas aplaude a tecnologia de Realidade Virtual

Os novos iPhones foram apresentados há quase 1 mês e, apesar de já se terem vendido muitos iPhone 6S, a verdade é que os novos iDevices não estão livres de problemas nem de críticas. Martin Cooper, o responsável pela invenção do telemóvel afirma mesmo que o novo iPhone 6s é um equipamento “chato”. Numa entrevista ao GeekWire, Martin Cooper, o inventor do telemóvel, revelou não estar muito satisfeito com o iPhone 6s, apresentado pela Apple no passado dia 9 de Setembro.

Continuar a ler

Woz fala do trailer do próximo filme sobre Steve Jobs

Steve Wozniak

O homem que inventou o computador pessoal, Steve Wozniak, foi tão importante para o nascimento da Apple quanto Jobs. Foi ele quem criou os primeiros computadores da empresa, revolucionando a informática. Por isso, a sua  personagem fará parte da trama do novo filme que fala sobre Steve Jobs, cujo trailer foi divulgado ontem. Ele comentou sobre o filme: “Nada daquilo foi dito realmente por mim, mas mesmo assim eu gostei“.

Continuar a ler

Por que a Apple nunca lança produtos em agosto?

Apple Keynote

Nem todos se dão conta, mas há uma razão comercialmente lógica para a Apple nunca ter lançado em sua história novos produtos em agosto. No hemisfério norte, o mês de agosto é ainda tempo de férias escolares, em que muitos aproveitam para viajar, sair da cidade, dar um tempo. Por isso, é normal ver cidades mais vazias e calmas, como acontece nas cidades brasileiras no mês de janeiro/fevereiro. Na Itália, o “Ferragosto” (15 de agosto) é comemorado como o ápice das férias. Em setembro tudo recomeça; é equivalente ao nosso “depois do carnaval“. Na França este período é chamado de “la rentrée“, a reentrada no ano letivo, com o reaquecimento do consumo de forma geral.

Continuar a ler

Vanity Fair: copiar os outros está no DNA da Samsung

Samsung

Está semana a revista americana Vanity Fair publicou um profundo e interessante artigo sobre a “guerra” entre Apple e Samsung, trazendo a tona algumas histórias que mostram como a coreana usa o roubo de ideias para derrotar a sua concorrência. E conta com a demora da justiça para dominar o mercado. Segundo a revista, a Samsung adotou há anos a artimanha desonesta de roubar ideias de seus concorrentes, copiar produtos, invadir o mercado com preços mais competitivos e, depois de ser posta na justiça, entrar em um acordo financeiro para não ser prejudicada. E o notável é que o artigo dá exemplos concretos disso.

Continuar a ler

Camera + (comentário à App)

Camera + (comentário à App)

“Camera +” (campl.us) é a minha App de fotografia preferida e aquela que utilizo em 90% das minhas fotos, por isso vou falar um pouco dela, partilhando aquilo que sinto como utilizador MUITO frequente. Mais do que uma simples aplicação para processar fotografias, esta App é também excelente para servir como câmara pois, ao contrário da aplicação nativa do iPhone, aqui podemos definir separadamente o ponto de foco e o ponto em que a luz é medida, o que permite um controlo muito maior sobre o resultado final da fotografia. Existem 4 modos de disparo da câmara: normal, com estabilização (que apenas dispara quando estamos estáveis o suficiente para que a foto não fique tremida), com temporizador (para podermos também aparecer na foto…) e o modo Burst (que aumenta a velocidade de disparo e é especialmente útil para fotografar cenas rápidas).

 

Continuar a ler

Intel: Maior arrependimento de Otellini foi não ter entrado no negócio do iPhone

O ex-CEO da Intel Paul Otellini diz estar arrependido de ter passado ao lado do negócio iPhone. Numa extensa entrevista ao The Atlantic, Paul Otellini, ex CEO da Intel, falou de um dos seus maiores arrependimentos: o de não ter seguido o seu instinto relativamente ao iPhone. A decisão de não aceitar o negócio do iPhone foi tomada pelo ex-CEO pouco depois de a Intel ter conseguido o negócio dos Macs.

 

Continuar a ler

Bill Gates emociona-se ao falar de Steve Jobs em entrevista no programa “60 Minutes” (Com Vídeo)

Bill Gates emociona-se ao falar de Steve Jobs em entrevista no programa “60 Minutes”

Como parte de uma entrevista com Charlie Rose, que foi ao ar no “60 Minutes” da CBS no domingo, um Bill Gates visivelmente abalado e humilde, detalhou a sua visita final a Steve Jobs, na qual os dois discutiram tudo, desde a vida familiar até a capacitar o futuro da edução através tecnologia. Questionado sobre essa reunião final com Steve Jobs, Bill Gates com lágrimas nos olhos disse que os dois discutiram uma ampla variedade de tópicos, “sobre o que tinham aprendido, sobre as famílias, sobre qualquer coisa.” Os dois praticamente cresceram juntos, disse Bill Gates e, apesar da sua natureza competitiva feroz, partilhavam respeito por cada uma das suas contribuições.

 

Continuar a ler

Para Ken Segall, a Apple deveria parar de adotar a letra S no nome do iPhone

iPhone S

Ken Segall é um antigo consultor de marketing da Apple, dos tempos de Steve Jobs. Foi ele quem ajudou a empresa a escolher o nome do primeiro iMac, introduzindo o conceito de colocar o “i” na frente dos nomes, que acabou influenciando em diversos outros produtos futuros (como o iPod, o iPhone e o Gradiente iphone). Ele também participou da equipe que elaborou a famosa campanha Think Different. Ou seja, uma referência no meio publicitário. Esta semana, Segall publicou no seu blog uma opinião no qual somos totalmente de acordo: a Apple erra ao adotar a denominação “S” no iPhone. O problema nem é a letra em si, mas o conceito que este tipo de denominação passa. Segundo o publicitário, ao colocar o nome de iPhone 4S e, possivelmente iPhone 5S, a mensagem subliminar que a empresa está passando é a de que é um aparelho intermediário entre a geração passada e a próxima, sem muitas novidades.

Continuar a ler

Apple perdeu a “bolha da distorção”?

apple steve jobs iphone

A Apple é conhecida como sendo uma marca de “paixões”. De um lado temos uma numerosa legião de fãs, orgulhosos dos seus produtos; do outro temos os que os criticam, dizendo que a sua lealdade cega os impede de ver a realidade. São discussões que se aproximam do fervor religioso ou futebolístico, e que agora parecem ter transitado para a área tecnológica (o denominado fanboyismo). No entanto, ao contrário do que acontece nas áreas tradicionais (um adepto dificilmente mudará de clube, uma pessoa de fé dificilmente mudará de religião) na área tecnológica parece a lealdade a uma marca tão depressa pode ser conquistada… como perdida.

 

Continuar a ler

Phil Schiller afirma que o Android é fragmentado e a experiência não é tão boa quanto a de um iPhone

Phil Schiller afirma que o Android é fragmentado e a experiência não é tão boa quanto a de um iPhone

O Vice-Presidente de Marketing Mundial da Apple, Phil Schiller, numa rara entrevista ao The Wall Street Journal, falou sobre a experiência que o Android oferece ao utilizador. O executivo referiu indicadores do quarto trimestre de 2012 relacionados com os utilizadores de telemóveis que trocaram entre um iPhone e um Android, e citando a pesquisa da Apple, disse que quatro vezes mais utilizadores trocaram de um Android para um iPhone do que para um telefone que utiliza o sistema operativo móvel do Google. Phil Schiller também apontou para um dos principais problemas da plataforma Android, a fragmentação.

 

Continuar a ler