Dados da aplicação Saúde são usados como prova em homicídio na Alemanha

A Aplicação Saúde está a desempenhar um papel importante num julgamento de um homicídio na Alemanha. Um refugiado Afegão de nome Hussein Khavari é acusado de matar uma estudante de medicina na Alemanha. O refugiado está em julgamento desde Setembro de 2017 e o crime ocorreu em Outubro de 2016. As autoridades queriam procurar informações no iPhone do acusado, mas Khavari recusou fornecer a password de acesso.

A polícia recorreu a uma empresa privada de Munich para ganhar acesso ao iPhone.

As autoridades fizeram uma revisão de todos os dados da aplicação saúde no iPhone de Khavari para ver que tipo de atividades praticava no seu dia a dia. Descobriram que no dia do homicídio, tinha um número avultado de dados relacionados com a prática de “subir escadas”. Essa informação permitiu fazer a ligação entre o tempo que levaria Khavari para arrastar o corpo da estudante até ao rio e, subir de volta.

As autoridades encenaram o crime da forma como a polícia acredita que o corpo foi eliminado e evidencias foram encontradas entre a encenação e os dados encontrados na aplicação Saúde no iPhone de Khavari.

As provas digitais são cada vez mais utilizadas pelas forças da autoridade e não são apenas os dados de aplicações, mas também reconhecimento facial, gravações de colunas inteligentes e vídeos. Os dados relacionados com smartphones ou outro tipo de dispositivos inteligentes serão usados com maior frequência, no entanto, o sistema legal ainda não encontrou uma forma correta de lidar com este casos.

Fonte: Macnifico

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.