Experimente o Android 7.1 Nougat no seu Mac

O projecto Android-x86 permite aos utilizadores correr, de uma forma simples, o sistema operativo móvel da Google em desktops e portáteis. Desta forma é possível experimentar todas as funcionalidades do sistema operativo, instalar aplicações, adicionar widgets, aceder à Internet como se de um dispositivo móvel se tratasse. Recentemente os responsáveis pelo projecto Android-x86 lançaram a release candidate do Android 7.1.

Vamos experimentá-la no macOS.

São vários os projectos que permitem ter o Android como sistema operativo no seu PC. Um dos projectos mais populares chama-se Android-x86 e recentemente ganhou uma versão (release candidate) que é baseada no “novo” Android 7.1.2. Nougat.

Como executar o Android no macOS?

A forma mais simples é recorrendo à virtual. Para isso podem usar o popular VMWare, VirtualBox, Parallels Desktop, etc. Para este tutorial escolhemos este último.

Para começar devem obter aqui a .iso do Android. Se o vosso sistema tiver suporte, escolham sempre a versão de 64 bits. Em seguida basta criar uma nova máquina virtual. É aconselhável que disponibilizem 4GB de RAM para obter uma boa performance. Depois indiquem a localização da imagem do Android.

Uma vez arrancada a máquina virtual, podem escolher se pretendem executar o Android sem o instalar ou instalá-lo no disco. Para o nosso tutorial decidimos apenas executar o Android na versão live.

Depois, tal como nos smartphones, é preciso indicar algumas informações iniciais para configurar o sistema móvel da Google. Primeiro indicamos o idioma

Segue-se a indicação da conta Google para associar ao sistema.

E basicamente são estas as duas configurações mais importantes que devem ser realizadas. Depois do sistema configurado, podem usar quase, tal como, no smartphone. Podem aceder as Definições

Instalar novas aplicações através da loja de aplicações da Google…entre muitas outras ações.

Se tem um Mac e pretende experimentar o Android, então já sabe que o projeto Android-x86 permite fazê-lo de forma muito simples e sem alterações no sistema nativo.

Relativamente à performance, com 4GB de RAM e um bom CPU, é possível ter uma boa experiência de utilização. Experimentem e deem-nos o vosso feedback. Obviamente que, através da virtualização, é possível executar o Android-x86 em máquinas com Windows ou Linux.

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s