Facebook tem novas formas de proteger imagens íntimas

Sendo o Facebook a maior rede social do mundo, é natural que exista quem a utilize com consciência e quem a utilize sem regras. Muito se tem abordado os perigos das redes sociais, nomeadamente no que toca a imagens íntimas.

Assim, o Facebook anunciou novas ferramentas para proteger as imagens íntimas que surgem na rede social.

É muito comum a situação de ex-namorados, para se vingarem de um relacionamento que correu mal, partilham imagens íntimas do/a seu/sua ex-parceiro/a. Este fenómeno é designado de ‘pornografia de vingança’ e as redes sociais têm sido o principal palco desta partilha.

Agora, a rede social de Mark Zuckerberg disponibiliza novas ferramentas para ajudar à denuncia destas imagens que são colocadas, publicamente, sem permissão dos visados. Assim, sempre que um conteúdo deste género seja denunciado, o Facebook poderá impedir que seja partilhado no Facebook, Messenger e Instagram, plataformas pertencentes à empresa Facebook, estendendo, assim, o bloqueio da partilha.

Segundo estudos realizados a vítimas de imagens íntimas não consensuais nos EUA, 93% das pessoas afetadas pela partilha de imagens íntimas sofreram problemas emocionais significativos e 82% sofreram problemas nos meios sociais, ocupacionais ou outras áreas importantes da sua vida.

Novas ferramentas para do Facebook para proteger as imagens íntimas:

  • Se vir uma imagem íntima no Facebook, que parece ter sido partilhada sem permissão, pode denunciá-la através da ligação “Denunciar” que é apresentada quando toca na seta para baixo ou na opção “…” junto a uma publicação.
  • Colaboradores especialmente treinados da equipa ‘Community Standards’ do Facebook vão rever a imagem e removê-la se a mesma desrespeitar os Padrões da Comunidade. Em muitos casos irão também desativar a conta por partilhar imagens íntimas sem permissão. Disponibiliza um processo de recursos se alguém acreditar que a imagem foi eliminada por engano.

  • O Facebook utilizará, depois, tecnologias de correspondência de fotografias para ajudar a impedir futuras tentativas de partilha da imagem no Facebook, Messenger e Instagram. Se alguém tentar partilhar a imagem após esta ter sido denunciada e eliminada, o Facebook irá alertar a pessoa de que essa imagem desrespeita as suas políticas e que irá impedir as respetivas tentativas de partilha da mesma.
  • O Facebook também se aliou a organizações de segurança para disponibilizar recursos e apoio às vítimas deste comportamento.

Estas novas ferramentas foram criadas em parceria com os especialistas em segurança, e são um exemplo do potencial que a tecnologia tem para ajudar a manter as pessoas em segurança.

Mais informações | Newsroom Facebook

Fonte: pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s