iPad de 9.7 polegadas: o que tem que saber antes de comprar

Para além de lançar a edição especial do iPhone 7 (PRODUCT)Red, e ainda novas pulseiras para os Apple Watch, a empresa de Cupertino lançou também no início desta semana a 5ª geração do iPad, o iPad de 9.7 polegadas. Se está com a dúvida “Avanço, ou não para a compra?”, não feche esta página pois vou apresentar algumas das coisas que tem que saber antes de tomar uma decisão. Tal como disse no podcast especial, achei o seu preço muito interessante (se o seu preço fosse equivalente ao em dólares era muito mais) . O novo iPad está disponível  a partir de 419€, versão Wi-Fi com 32GB.

Mas porquê é que é tão interessante o seu preço? Bom, a Apple equipou o novo iPad com o processador A9, o mesmo dos iPhone 6s/6sPlus, o que significa um processador mais recente que as anteriores gerações e ainda uma (pequena) melhoria de performance relativamente ao iPad Air 2, que tinha o A8X.
Claro que devido à presença de um novo processador, isto também significa uma maior longevidade quanto a atualizações de software.

Mas nem tudo parece ser tão bom neste iPad: o ecrã. Ao que tudo indica com este iPad a Apple decidiu dar dois passos atrás, ou explicando melhor , voltar duas gerações atrás, ao primeiro iPad Air. O ecrã deste iPad continua a ser retina, mas não é laminado, ou seja apesar de ser bom, não é tão bom quanto um laminado. (Para aqueles que não sabem, um ecrã laminado reduz o reflexo de ecrã devido ao mesmo estar colado no vidro.) Aqueles que têm um Air 2, e tiveram um Air, ou outro qualquer iPad antes desse sabem bem do que falo.

Outro ponto que devem considerar neste iPad é a falta de suporte a pelo menos o Smart Keyboard. Porque é que digo pelo menos? Bom, não fazia sentido o novo iPad não sendo Pro ter as mesmas funções de um iPad Pro. Isso seria “matar” logo a linha Pro.
Mas o Smart Connector faz falta para ligar o Smart Keyboard. O Smart Keyboard não está presente no iPad. Num iPad que supostamente é voltado para o mercado educacional. E já que sim, os quatro altifalantes seriam também uma boa característica a estar presente neste novo modelo.

Outro ponto que deve saber antes de adquirir este produto é que ele é também um passo atrás no que respeita ao design. Apesar de ser aparentemente idêntico ao Air 2, não o é. Peso, e espessuras são herança do iPad Air. Este iPad tem uma espessura de 7,5mm, ao invés dos 6,1mm do Air 2, e é  mais pesado que o Air 2 cerca de 32g, ou seja o novo iPad na sua versão Wi-Fi pesa uns 469g, e o Air 2, 437g.

Como vê, tem aqui alguns senão que o podem fazer desistir da compra. Deixem-me esclarecer (para não ler comentários desagradáveis a dizerem que estou a influenciar a opinião das pessoas contra a Apple) de que este artigo não serve de todo para fazer o pessoal desistir de comprar deste iPad, mas sim para aconselhar quem nos acompanha a fazer a melhor escolha de acordo ao que tem neste momento.  Por isso, se tem um iPad Air, ou anterior, aí na minha opinião vale sem duvida alguma a pena fazer o update devido a funcionalidades como o Touch ID, os 2GB de RAM, e o processador A9. Se tens o iPad Air 2, no meu entender é um passo atrás relativamente a esse modelo. Um passo atrás no que respeita ao ecrã, e design, e aí nesses pontos que são fulcrais num tablet não te aconselho a voltar atrás. Nesse caso, aconselho a compra de um Pro 9,7″. Esse modelo, só com uma boa promoção. Não se esqueça que supostamente estamos a poucas semanas de conhecer os novos iPad Pro.

Fonte: iClub

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s