Usou o queixo e activou a Siri que lhe salvou a vida

Usou o queixo e activou a Siri que lhe salvou a vidaOs primeiros sistemas de alarme médico começaram a ser desenvolvidos em 1970 por Wilhem Hormann, tendo começado a ser comercializados em 1975 pela empresa American International Telephone Company. Mas em que consistiam estes sistemas e qual a relação com a Siri? O sistema desenvolvido por Hormann era muito simples e consistia num simples botão vermelho que, quando activado, enviava uma mensagem previamente gravada para um contacto definido, também previamente configurado. Embora o produto fosse muito caro, com um preço a rondar na altura os 795 dólares, o sistema salvou milhares de vidas um pouco por todo o mundo.

Mas qual é a relação entre este sistema e a Siri?

Na verdade, a relação é maior do que se pode imaginar. E porquê? Simplesmente porque a Siri tem vindo também a salvar a vida de várias pessoas. Depois de, em 2015, um jovem norte-americano residente no Tennessee ter utilizado a Siri para pedir auxílio após ficar preso debaixo de uma carrinha, e de uma cidadã australiana ter utilizado a mesma para salvar a vida do seu bebé que deixou de respirar, chega-nos agora a notícia de mais uma vida salva pela Siri.

Desta vez, o sortudo foi Andrew Cho que, após um jantar de amigos, se sentiu mal e entrou em colapso, ficando mesmo paralisado do pescoço para baixo. Segundo a GoFundMe, página onde foi criada a campanha para ajudar no pagamento de todas as contas médicas de Cho, o agora gerente de marketing terá utilizado o queixo para activar a Siri e com a língua marcou o 911, para pedir ajuda.

Depois de ter dado entrada nas urgências, Cho foi operado de urgência devido ao rebentamento de um vaso sanguíneo entre as vértebras C3 e C4.

 

E que outras possibilidades existem para além da Siri?

Para além da Siri, existem ainda duas aplicações muito interessantes e que podem ajudar em alturas de aflição. Uma delas é o Red Panic Button que permite parametrizar o smartphone como sendo um total botão de emergência. A própria Apple está a adaptar o seu sistema para conseguir criar mecanismos de segurança nos dispositivos.

Já falámos no botão de emergência existente no Apple Watch e também falámos num teste que a empresa fez na versão beta do iOS 10.2 onde o botão Ligar/Desligar o iPhone, poderia espoletar o pedido de emergência médica. No caso de Portugal, esses dois sistemas vão directamente solicitar ajuda ao 112, Número Europeu de Emergência.

Como podemos ver, este tipo de sistemas continua de boa saúde, contudo, têm vindo a acompanhar a evolução, sendo possível, actualmente e em caso de emergência, pedir ajuda à assistente pessoal.

Por Hugo Sousa para Pplware.com
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s