5 dicas para tornar o seu iPhone super seguro

imagem_dicas_seguranca08

Certamente sabe que dentro do seu smartphone está um bom pedaço da sua vida, seja em fotografias que tira com a família, amigos e colegas, sejam os emails que recebe do seu trabalho, do banco ou das finanças. Além disso tem também informações em documentos que guarda, notas que tira e segredos que só a si dizem respeito. O seu iPhone está devidamente protegido?

Para o ajudar proteger-se, deixarmos 5 sugestões fundamentais para manter o iPhone seguro.

Deixamos dicas que vão bloquear o acesso de qualquer pessoa ao seu iPhone, dicas que podem permitir que o recupere em caso de perda ou roubo e dicas para facilitar descrição e evitar olhares indiscretos.

 

1. Active o iCloud e o Encontrar iPhone

Quando inicia pela primeira vez o seu iPhone, é-lhe solicitado que coloque o seu Apple ID. Nessa altura, todo o conteúdo do mesmo é cifrado. Esta acção permite um elevado nível de segurança, pois além de “bloquear” a si o iPhone, permite também cifrar os dados nele contidos.

Contudo, é nesta altura que o sistema lhe pergunta se quer activar a sua localização recorrendo ao iCloud. Diga que sim, active estes dois pontos, isto irá permitir que o seu smartphone seja sempre localizado e que, com a app Encontrar, possa identificar onde está o equipamento.

imagem_dicas_seguranca01

Claro que para este ser encontrado precisa de acesso aos dados, quer via WiFi ou GSM, pelo cartão SIM, usando os dados 3G ou 4G. Isso remete-nos para o ponto seguinte.

 Vá a Definições > iCloud > Encontrar iPhone > active a opção Encontrar iPhone

 

2. Desactive o PIN do SIM

Os cartões dos operadores de comunicações, a sua rede GSM, obrigam à colocação de um PIN, um código de segurança para que ninguém possa gastar por conta da sua carteira. Mas isso pode não ser interessante num iPhone.

imagem_dicas_seguranca02

Se perder o seu iPhone ou se este for roubado, o mais certo é que o larápio não se ligue à Internet via WiFi, então o que irá mostrar onde está o iPhone será a sua rede GSM, o seu operador. Mas para isso tem de ter o PIN desligado para que, mal o iPhone se ligue, forneça logo a localização actual ao sistema Encontrar iPhone da Apple.

Vá a Definições > Telefone > PIN do SIM > desligue a opção PIN do SIM

Mas isso não é uma má prática desligar um código de segurança? Neste caso não, e isso remete-nos para o ponto seguinte.

 

3. Coloque um código de segurança no iPhone

Este código de segurança é solicitado logo que inicia as primeiras configurações do iPhone. Pode ignorar este passo logo no início, assim como pode ignorar a colocação da sua impressão digital (se o seu iPhone ou iPad tiver o Touch ID, o já indispensável leitor de impressões digitais).

Normalmente são 4 digitos, mas pode compor uma palavra-passe de acesso ao sistema do iPhone, de preferência complexa.

imagem_dicas_seguranca03

 

Como o posso fazer?

Utilize uma palavra-passe forte, em vez do código de 4 dígitos

A forma mais simples e eficiente de manter os seus dados protegidos é utilizar uma palavra-passe forte em vez do simples código pin de 4 dígitos. É uma boa ideia combinar números, letras e símbolos, e é ainda melhor que a senha seja solicitada imediatamente depois de bloqueado o ecrã, sem demoras.

Como extra, pode activar a opção de “apagar dados” após dez tentativas falhadas de introduzir a palavra-passe. Mas tenha em conta que a sua informação será eliminada permanentemente e não poderá ser recuperada, pelo que o melhor é nunca se esquecer da senha.

Para que serve?

Reduzirá a probabilidade de um cibercriminoso adivinhar a sua palavra-passe.

Onde é activada esta opção?

Vá a Definições, Touch ID e código, Solicitar: Imediato, código simples: desactivado.

Agora terá de colocar um código onde poderá usar números, letras e símbolos.

 

Mas então que tem a ver o PIN do cartão com o Código de acesso ao iPhone?

Agora que está “montado” o sistema de segurança quase perfeito, podemos ver que, se o seu iPhone for roubado, o mais provável é a bateria acabar antes do larápio o ligar. Este irá dar carga ao iPhone para o poder ligar. Nessa altura o iPhone liga-se e a rede GSM é carregada e como não tem PIN vai logo dizer onde está. Como o iPhone tem um código de acesso, ninguém irá conseguir aceder-lhe e este estará a emitir via rede GSM o seu paradeiro.

Isso pode ajudar a que possa descobrir onde está e até tomar outras acções, como pode ver aqui.

Vá a Definições > Touch ID e código > Activar código

 

4. Desactive o Painel de Controlo do ecrã bloqueado

É uma falha enorme da Apple. Até hoje não entendo como os “cérebros” da marca de Cupertino ainda não viram este erro crasso.

imagem_dicas_seguranca05

 

Usando todos os processos descritos anteriormente, tínhamos muito provavelmente o paradeiro descoberto do nosso iPhone, sem que o larápio pudesse fazer seja o que for (sem recorrer a uma imaginação “hollywoodesca”). Mas aqui a Apple meteu a pata na poça, permite que com o ecrã bloqueado qualquer pessoa possa activar o Modo de voo. Raios… assim perdemos a possibilidade de detectar o nosso iPhone pois este modo corta todas as comunicações!!!

imagem_dicas_seguranca04

 

Sim, na minha opinião é uma parvoíce, que só não é total porque a Apple permite nas Definições desligar o acesso ao Painel de Controlo com o ecrã bloqueado.

É isso que vamos fazer, por falta de melhor, em termos de segurança faça isso, perde outras funcionalidades secundárias mas é preferível optar pela segurança neste caso.

Vá a Definições > Central de controlo > desligue a opção Com ecrã bloqueado.

Desta forma já o larápio não poderá desligar a ligação à rede que permitirá mostrar onde está o nosso iPhone. Agora falta só mais uma dica… vai ver que pode ajudar.

 

5. Active o Touch ID

Esta opção é fundamental, acredite. O facto dos novos dispositivos da Apple trazerem esta opção, de acesso via impressão digital, permite que o seu código de acesso assim como a sua palavra-passe do Apple ID sejam mantidos na descrição.

Imagine que está na rua e quer ter acesso ao seu iPhone. Como até agora tem tudo certo em termos de procedimentos de segurança o que vai fazer é marcar o código de acesso ao sistema.

imagem_dicas_seguranca06

 

Ao seu lado, de forma indiscreta mas indefectível, alguém viu que marcou o seu código (ex. 7312). A seguir, o utilizador senta-se numa esplanada e sem dar conta o iPhone caiu-lhe. Alguém que topou o seu código teve a felicidade de notar e apanhar o seu iPhone caído. Pronto, agora está dentro do seu sistema, tem acesso ao seu email, às suas fotos e a muita coisa da sua vida. Imagine que até sabe a sua conta bancária pois viu os seus extractos no email.

Se usar o Touch ID nada disso será possível. Até mesmo se comprar uma aplicação escusa de meter a sua palavra-passe do Apple ID que isso ainda é pior. Se alguém descobrir o seu Apple ID… adeus iPhone. Come essa palavra-passe pode desligar o iCloud, formatar o iPhone e fazer desaparecer (ou quase) com o seu rico iPhone.

Vá a Definições > Touch ID e código e registe vários dedos que podem dar acesso ao sistema. Pode registar até 5 dedos, o que é interessante porque podemos registar vários de cada mão, pois como usamos o smartphone com uma mão ou outra, ter acesso com dedos de cada mão é mais “hábil”.

 

Não compre um iPhone que desconhece a proveniência

Mas isto não é tudo. Sabia que mesmo que consigam descobrir a palavra-passe de acesso ao iPhone e possam mesmo desligar o Apple ID, formatando o iPhone ainda há uma forma de bloquear o mesmo?

imagem_dicas_seguranca07

Pois é, o IMEI poderá ser bloqueado ainda. Veja aqui mais informação.

Nunca pense que comprar um iPhone roubado ou hipotéticamente perdido lhe pode trazer vantagens, isto só acontece se o utilizador que ficou sem o equipamento não conhecer estas técnicas (então não é leitor do Pplware) ou não quiser ter trabalho (algo que se faz em alguns minutos). Podemos tentar recuperar um equipamento por várias formas, desde dos códigos de acesso, ao Apple ID, ao IMEI e até outras acções com o auxílio da Apple.

Cuidado, usar um iPhone roubado pode ser “chave de cadeia” ou sinónimo de muitos problemas!

Fonte: pplware.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.